Menus de configuração no Painel de Administração

Webnário Alem

Maior do que meus dons.

Você sabia que existe um dom maior do que o de profetizar? Maior do que o de palavra de conhecimento ou sabedoria? E maior ainda do que o do de curar e também do que o dom de operação de milagres, discernimento de espírito, línguas e interpretação? Sim, é verdade. Existe um único dom que se sobrepõe a todos estes. Paulo, no seu primeiro livro à Igreja de Corinto, diz algo muito interessante, que só podemos perceber ao lermos os capítulos de forma contínua.

Capítulo 12, versículo 31: “Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente”. E então, no capítulo 13, que é o capítulo seguinte, lemos, no primeiro versículo algo que sabemos e até recitamos: “AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine” etc…, e você conhece a passagem.

Tenho visto no nosso meio, meus irmãos, uma falta de amor muito grande. Sim, sei que é Bíblico, pois estamos nos fins dos tempos, mas não quero estar inclusa em Mateus 24:12 – “E por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará”. Sim, é importante profetizar, e sim, eu creio e tenho visto atos miraculosos de Deus em muitas pessoas, como curas, por exemplo. Mas como Paulo disse, existe um caminho mais excelente. Ele não quer dizer que devemos negligenciar os dons, mas, como ele mesmo disse: “E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria” (I Co. 13.1-3).

Ou seja, o dom deve existir, e devemos ser usados pelo Senhor. Porém, de que adianta sermos usados por Deus dentro da igreja, e não conseguirmos abraçar um bêbado ou mendigo ao sairmos de lá, compartilhando com eles do evangelho? De que adianta profetizarmos e sermos incapazes de amar o nosso próximo? De que adianta darmos os nossos bens aos necessitados e não termos amor verdadeiro? É disso que Paulo está falando. Devemos procurar os melhores dons, e isso com zelo. Mas existe um caminho mais excelente. E este é o caminho do amor.

Por que será que tantas pessoas não se convertem e não reconhecem verdadeiramente que somos de Cristo? Jesus não disse que eles nos identificariam através da música, ou dos dons. Após lavar os pés dos discípulos, Ele disse: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”. (Jo. 13.34,35).

Somente através do nosso amor uns pelos outros é que o mundo nos identificaria como CRISTÃOS, porque cristão é quem esteve com Cristo, e Cristo é amor.

Nós (e eu me incluo) devemos ter amor a Deus a às pessoas, ACIMA do amor ao talento musical, acima dos nossos dons ministeriais. Se quisermos ver nossa geração tocada pelo Senhor, teremos que descer do nosso pedestal da arrogância ministerial e amarmos uns aos outros, não como queremos, mas como CRISTO AMOU A IGREJA.

Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. Quem odeia a seu irmão é homicida… Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade”. (I Jo. 3.14, 15, 17,18).

Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão”. (I Jo. 4.8, 20-21).

Deus nos abençoe a cada dia, nos revelando MAIS do Seu AMOR infinito e incondicional.

A serviço do Rei, olhando para o alto,

Raquel Emerick

Raquel Emerick

Líder do Ministério Além at Ministério Além
Raquel Emerick é de Belo Horizonte, onde reside atualmente. É casada com o contrabaixista e arranjador Alfredo Ribeiro e são membros da Igreja Batista Graciosa Paz, em Contagem – MG. É líder do Ministério Além – ministério de louvor itinerante que tem viajado pelo Brasil levando uma mensagem de excelência e de poder. É autora do livro “Coração de Adorador, Espírito de Excelência”, que tem sido uma ferramenta usada em vários estados como ensino para ministros de louvor e instrumentistas. Tambem os livros Profeta Adorador – 2010 e Vaso Restaurado 2008. É formada pelo “Christ For The Nations”, Dallas, Texas, EUA. Suas canções, livros e artigos na internet têm recebido testemunhos de vidas, famílias e ministérios restaurados; Raquel Emerick tem desafiado a igreja de Cristo a uma busca por mais de Deus e restauração através da adoração e intimidade. Sua discografia inclui o álbum “Restauração”, lançado em 2008 e o ultimo álbum “Conquista” CD e DVD gravado ao vivo em 2013.
Raquel Emerick
Raquel Emerick
Raquel Emerick

Latest posts by Raquel Emerick (see all)

1 de agosto de 2015

0Respostas em Maior do que meus dons."

Deixe sua mensagem