Menus de configuração no Painel de Administração

Webnário Alem

Laender Alves

Esse assunto tem sido muito tratado nos tempos de hoje dentro do meio evangélico. Infelizmente os altares estão mais cheios de músicos do que de adoradores, onde as ministrações mais parecem workshops do que adoração ao nosso Deus. Como músico, aprecio muito a qualidade musical e técnica, mas não podemos nunca nos esquecer da unção.

Na música as duas coisas devem andar juntas: técnica e unção. Certa vez ouvi a seguinte ilustração: Imagine uma águia voando. Uma das asas é a técnica e a outra a unção. Se a águia bater somente a asa da unção (ou vice-versa), o que acontecerá? Ela certamente voará em círculos; mas se bater as duas simultaneamente voará sempre em frente, rumo ao alvo. Bom, para tratar deste assunto é necessário fazer uma análise dentro de cada um de nós, em nosso caráter. Certa vez ouvi algo de minha líder Raquel de que nunca mais esqueci: “Estar no altar do Senhor ministrando é trazer a sua vida pessoal e torná-la pública, ali, naquele momento, sem nenhuma máscara. ”

Então, aí está o ponto crucial – “motivação”. Por que estou na plataforma ministrando? Ministério é servir, e o que vemos hoje é uma realidade totalmente inversa a isso: ministros de louvor totalmente cheios de si, esquecendo-se de que toda a honra e toda a glória devem ser tributadas ao Senhor Jesus! Estar em evidencia pode ser muito perigoso; às vezes somos confrontados com problemas pessoais que nem sabíamos que existiam. Como diz a palavra de Deus:

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer? ” Jeremias 17.9.

Será que a nossa qualidade musical é medida pela quantidade de notas, variações ou o quanto nós tocamos rápido com o pedal duplo? – Pense nisso: muitas vezes queremos executar todo o nosso leque de viradas e exercícios em uma única música, achando que estamos num momento de estudo ou “workshop”. Este é um grande erro que vejo em alguns ministérios nos dias de hoje. Pense sempre na música como um todo, pois você está ali como parte de uma equipe que possui um alvo. Portanto, trabalhe para que esse alvo seja atingido. Procure sempre antes de ministrar fazer uma reflexão pessoal da razão para se estar ali, naquele exato momento. Durante as canções analise se realmente é necessário tocar aquela nota ou acorde. Pense se aquilo talvez possa trazer a atenção para você. Se em determinado momento sentir de parar de tocar, faça isso, pois Deus também age nas pausas e no silêncio. Há tempo para tudo, meu irmão. Lembre-se sempre que você está ali com um propósito maior que tudo nesse mundo – ser usado por Deus como ferramenta em Suas mãos, destruindo barreiras, quebrando maldições e profetizando libertação e salvação com o seu instrumento e voz!

Deus os abençoe muito!

Laender Alves

Laender Alves

Laender Alves, 33 anos, é casado com Fabricia Rezende, pai da pequena Sarah, mora em Belo Horizonte - MG. Tocou por muitos anos com a missionária americana Sandy Nemeth, Worship Leader do Christ for the Nations Institute, ministrando em vários estados em congressos, workshops e conferências de louvor e adoração. Atuou também como músico free-lance em orquestras e bandas de estilos variados. Foi o baterista da Banda principal do Seminário Cristo para as Nações filiado ao Christ for the Nations em Dallas -- Texas responsável pela divulgação do CD "Sopro do Céu" da mesma por vários anos.Hoje é o baterista do ministério Além - www.ministerioalem.com, onde gravou os CD´s Restauração (2008) e Conquista (2014) e um DVD Conquista ao vivo (2014) e tem dado workshops e tocado por todo o Brasil, dividindo o tempo entre viagens, gravações e ensaios.
Laender Alves
Laender Alves

Latest posts by Laender Alves (see all)

2 de agosto de 2015

0Respostas em Laender Alves"

Deixe sua mensagem