Menus de configuração no Painel de Administração

Dicas para composição.

Como professora de composição, tenho trabalhado com alunos a experiência de compor canções para o Senhor. Existem muitos passos para este processo. Quando estudamos esta matéria, levamos cerca de 6 meses analisando o processo criativo cerebral, e a edição de letra, melodia, harmonia e arranjos gerais para execução de uma canção. Mas nesse breve artigo vou compartilhar algo simples, mas que faz TODA A DIFERENÇA em uma canção: o fator TEMPO! Isso mesmo.   Talvez você se pergunte: como assim?

Permita-me explicar. O processo criativo, normalmente, para quem tem predominância do lado direito do cérebro nas primeiras duas etapas da criatividade, sempre acontece de forma rápida. A maioria dos músicos e aqueles que trabalham com artes, têm a tendência em correr com este processo, por valorizarem a ‘luz’ que dá naqueles momentos, por exemplo: Ouve-se uma frase, lê-se um versículo, ouve-se uma sequência de acordes, recebe-se uma palavra revelada de Deus…. E de repente, surge uma canção, uma ideia, uma composição! Ótimo! Até aí tudo bem! Mas o problema é que NÃO PÁRA POR AÍ!

Após o processo do lado direito do cérebro (criatividade), a boa música sempre precisa passar pelo processo do lado esquerdo do cérebro (edição e detalhes minuciosos), que infelizmente é ignorado pela maioria dos músicos.

Principalmente numa era onde só se valoriza o espiritual, a unção, e como consequência vemos hoje tantas músicas ‘pobres’ em termos de composição, com rimas tão repetitivas, palavras e coros tão previsíveis. Chegamos num ponto onde realmente não sabemos quem copiou quem!

Por isso afirmo que o TEMPO é um fator muito importante. Nós compositores sempre enfrentaremos a armadilha de supervalorizar nossas canções porque olhamos o que a música significa para nós na ótica da nossa experiência com Deus através dela.

E aqui vai a dica. Quando você compor uma canção NÃO SE DESESPERE, mostrando já para seus amigos, seu ministério, seus líderes ou músicos. ESPERE UM TEMPO!

Muitas músicas que compus, deixei de lado por um tempo e quando voltei a tocá-las e ouvi-las, mudei algumas coisas que não tinha percebido nos primeiros momentos.

Algumas estavam curtas demais, outras eu pude criar outra estrofe ou ponte posteriormente, conseguindo analisar mais criticamente e criativamente.

O maior erro das composições evangélicas hoje é exatamente essa pressa. Alguns compositores gastam 6 meses em cada canção, entre composição e arranjos. Por que usaríamos de falta de excelência e esperaríamos compor em cinco minutos e esperar que seja uma canção que toque o coração das pessoas?

Mesmo que a letra seja totalmente inspirada na profunda e poderosa Palavra de Deus, lembre-se que a música faz parte da composição. A letra pode ser inspirada no mais lindo versículo, mas se as rimas forem pobres, fora do tempo, da métrica, faltando frases, com erro de concordância – bem, não podemos esperar muito, pois o prático comprometerá o espiritual, não é mesmo?

Espero que este artigo lhe ajude a pensar.

Em suas próximas composições, experimente esperar mais! Certamente valerá a pena!

Deus te abençoe,

1 de agosto de 2015

1Respostas em Dicas para composição."

  1. Fiz algumas canções e depois de algum tempo mostrei para uma amiga que logo falou que preciso canta-la na igreja pois a tocou profundamente, porem disse que ainda não é o tempo pois precisa de ajustes. Após ler este artigo vejo que estou no caminho certo.

Deixe sua mensagem